Brasão de Piedade Câmara Municipal de Piedade

Moções

MOÇÃO N° 7/2017

“Moção de apoio à operação Lava Jato”

A CÂMARA MUNICIPAL DE PIEDADE, sensível ao clamor popular e com fundamento em seu inciso III, art. 162, Resolução 01/2005 – Regimento Interno da Casa, apresenta a MOÇÃO DE APOIO à operação LAVA JATO.

Operação essa que teve início em março de 2014, com a investigação da ação criminosa de doleiros que atuavam no mercado financeiro em um sistema de lavagem de dinheiro, as provas obtidas permitiram que o Ministério Público Federal tomasse conhecimento de um grande esquema criminoso de corrupção envolvendo a maior empresa estatal do país, a Petrobras, onde estima-se que o prejuízo causado pela ação criminosa esteja na casa dos bilhões de reais.

Com o desenrolar das investigações tomamos conhecimento da existência da maior Organização Criminoso do Mundo, - “ORCRIM”, em que estão envolvidos funcionários da Petrobras, empreiteiras, operadores financeiros, agentes públicos, agentes políticos etc..., que causaram prejuízos que podem chegar a casa dos trilhões de reais.

Chegamos a um momento muito delicado em nosso país, em que as instituições e a população devem se posicionar no sentido de apoiar de forma irrestrita as ações da operação lava jato, que sem dúvida é a nossa maior esperança de justiça e de mudança de nosso país, parafraseando conhecido historiador, “temos a oportunidade única de proclamarmos a Nova República, a verdadeira república ”.

Infelizmente todos os dias presenciamos manobras que tentam acabar (destruir) com a operação lava jato, e isso nós cidadãos de bem não aceitamos, todos os criminosos devem pagar pelos crimes que cometeram e o dinheiro roubado deve ser repatriado e devolvido à Petrobras, principalmente aos cofres públicos.

A ação dessa organização criminosa praticamente destruiu o país e sem dúvida é a maior responsável pelos quatorze milhões de desempregados, pela grave crise econômica e institucional que o país atravessa.

As Câmaras Municipais são as representantes mais próximas da população, devido a essa proximidade, nós vereadores temos a obrigação de externar o sentimento da maioria, pois podemos nos considerar os verdadeiros representantes do povo.

Solicitamos que após deliberação em plenários seja encaminhado cópia desta moção aos Excelentíssimos Presidente da República, Presidente do Supremo Tribunal Federal, Procurador Geral da República, Presidente do TRF 4 de Curitiba, Presidente do Senado Federal, Presidente da Câmara dos Deputados, Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, Deputados Federais, Estaduais e às Câmaras Municipais da Região Metropolitana de Sorocaba, bem como ao Excelentíssimo Juiz Sérgio Moro, ao Promotor Federal, Deltan Dallagnol, Delegado Federal Márcio Adriano Anselmo, que nesta representam todos os servidores, policiais federais, delegados, promotores e juízes federais que atuam e atuaram de forma profissional e exemplar no processo e também aos órgãos de imprensa.

Plenário Roberto Rolim da Silva, 15 de maio de 2017.

Nelson Prestes de Oliveira
Vereador (PSD)

Aléx Pinheiro da Silva
Vereador (PTB)

Daniel Dias de Moraes
Vereador (PSB)

Jorge de Souza Biscaia Junior
Vereador (PTN)

Marly Aparecida Godinho
Vereador (PSB)

Nilza Maria dos Santos Godinho
Vereador (PSDB)

Wagner Takeshi Yoshizako
Vereador (PSDB)
Adélcio Vieira de Jesus
Vereador (PSB)

Benedito Alves dos Santos
Vereador (PTN)

Geraldo Amancio Vieira
Vereador (PSD)

José Anésio Xavier Lemes
Vereador (PP)

Mauro Vieira Machado
Vereador (PT)

Samuel de Oliveira Guimarães
Vereador (PSD)

Anexos:

Moção 7/2017